segunda-feira, 10 de agosto de 2015

s/t


2 comentários:

António Meireles disse...

Adorei a fotografia. Gostava de lhe deixar apenas algo que escrevi acerca dela. A minha definição, digamos. Obrigado.

Sei que, durante todo o meu tempo, vagueava com o tempo. Pelo tempo. Vagueava em busca da minha verdadeira sombra. Da plena e verdadeira luz do dia.


lapsus disse...

Olá, "António Meireles".

É sempre bom saber que as fotos permitem estas "definições". Obrigado :)

Um abraço e até breve.